domingo, 4 de março de 2012

Circularidade

Não sei e não faço
E se faço
Faço incorreto incompleto
E logo desfaço
Desfeito o que quase faço
Ou que se faz em mim inacabado
Não sei se desfiz ou me desfiz outra vez por completo
E se desfeito aniquilado
Procuro-me nisso que em você é como um ficar ausente
Um ir-se sempre retornando mesmo que não completamente.


8 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda poesia!!abraços,ótima semana,chica

Si, Fosse Algo seria o Nada disse...

Ahhhhhhhhhhh, Sé! Minha preferida das preferidas do Pink Floyd.
"Wish you were here" é perfeito!

Bjs, boa semana!

Anônimo disse...

no se por que no me permite bloger dejarte un comentario,va de nuevo,buen pasaje en este poema...a veces, no todo lo que está,es cierto!
excelente,amigo!
muchas gracias
lidia-la escriba



blog actualizado

ONG ALERTA disse...

Adoro Me lembra de quando era guria...
Beijo Lisette.

Vanuza Pantaleão disse...

E voltamos sempre ao ponto de partida. Aniquilados e incompletos.
Pink Floyd, gosto muito deles.
Amigo, tenha um ótimo final de semana!Beijos!

Anônimo disse...

saludos!



lidia-la escriba


blog actualizado,ven!

Vanuza Pantaleão disse...

Doce tarde de quarta-feira, Serginho!
Beijos e carinhos...

Anônimo disse...

te deseo un buen fin de semana!
un abrazo
lidia-la escriba

Twittando

    follow me on Twitter