terça-feira, 7 de julho de 2009

O VOO DO ANJO SEM COR

Navegas só agora pedra e
Afundas num céu de sorrisos bobos
Arlequins que não se tocam anjos
Nem sonhos que se deixam tocar
Não és mais o eu nesse instante
Quem vive ou se confunde gente
És um ser habitado na passagem
De um agora para outro adiante
Quem habita não se sabe habitante
Quem fica não se percebe ausente
A pedra que voas edifica
Alguém num espaço de vazios
O que se edifica é nada
Mas tudo pleno e perfeito
Um plano que aterrissa sereno
Mesmo que sem muito jeito
No meio de um todo de pó
Regressas de tantas partidas
E partes de uma vida só.
(para Michael)

11 comentários:

M@ disse...

Muito lindo a sua homenagem.
Fiquei triste também, fui crescendo ouvindo e vendo as sua músicas e danças espectaculares.
Já não volta mais, vamos nós ter com ele um dia talvez.
Uma boa Alma que o mundo perdeu.
Abraço
Manuela

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma linda homenagem.

Uma triste perda.

beijooo.

VeraBasile disse...

Não tenho palavras...tenho lágrimas, serve?
Bjs

f@ disse...

Olá Sérgio,

Belo..... mto belo poema... esta homenagem tua... nem há a partida nestes casos... porque fica e vive sempre dentro das nossas lembranças... e vive em tanto que nos deixou...

imenso beijinho

Anônimo disse...

Manuela, Ana, Vera e Fátima...
...pois é garotas, de um modo ou de outro, crescemos juntos, embora eu tenha envelhecido e Michael apenas se transformado...foi uma companhia inspiradora e, tantas vezes, acolhedora...
Obrigado pela visita...

Beijabraços!

Sérgio Luyz

Leila Andrade disse...

Sem dúvida, um anjo presente numa parte forte de nossas vidaa, sempre presente em nossas lembranças ...
Um canto muito bonito o seu, Sérgio.
Beijão.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, Serginho!
Ele não pertencia à terra, Anjos não se adaptam ao nosso viver infeliz. Tinha que voar!
Beijos!!!

Linda Graal disse...

coisa mais linda!!! vc foi estupendo com esses versos, querido!
parabéns!!!

amplexos de sempre

f@ disse...

Olá Sérgio,

Reler-te... neste post ... perfumado o pó da existência...

imenso beijinho

Denise disse...

Sem sombra de duvida,embalou paixões e muitos romances,esses começados em bailinhos q tocavam tantas canções dele.
uma linda homenagem sem sombra de duvida.

beijo

De

M@ disse...

--------******----------------********
----@@@@@@@-------------@@@@@@!**
--@@@@!!!!!;;-.;..@------@................::;!@**
'@@@!!!!!!!;;;;;;;.....;@@..................:;;;;;;!@**
@@@!!!!!!!;;;;;;:::...MEUS..............:;;;;;;;;;!@**
@@!!!!!!!!!;;:::::...AMIGOS.............;;;;;;;;;;!@**
@@@!!!!!;::::.SÃO............JÓIAS......;;;;;;;;!@**
-@@!!!!;;::::..........RARAS....................;;:;!@**
--@@!!:;;:::..POR ISSO TENHO QUE......;:;!@**
---@!!!!;::: :::...CUIDAR... BEM..............@**
------!!!!!;:::::::::.ADORO....................@**
--------!!!;:::::::::::......VOCÊ!..........@**
-----------!!!;;:::::::::..................@**
--------------:::::::::::..............@**
------------------::::::::.......@**
----------------------:::::.@**
-------------------------@**

BOA SEMANA
MANUELA

Twittando

    follow me on Twitter